Terça, 20 de Abril de 2021 05:18
(38) 99966-3864
Cidade Paracatu Alerta

Há fortes inidícios de uma nova cepa da covid-19 em Paracatu, diz secretário de saúde em coletiva

A suspeita é devido a evolução grave dos novos casos e a faixa etária dos infectados que mudou

02/03/2021 15h40 Atualizada há 2 meses
Por: Paulo Sérgio
Paulo Sérgio / Paracatunews
Paulo Sérgio / Paracatunews

O prefeito Igor Santos, realizou uma coletiva de imprensa nesta terça-feira (2) onde apresentou alguns resultados e novas medidas para conter o avanço do coronavírus em Paracatu.

O aumento de novas infecções e mortes pelo covid-19, está trazendo preocupação para o prefeito e a secretaria municipal de saúde, que não descarta uma possível mudança no comportamento da covid-19 em Paracatu, haja vista o aumento de infectados jovens e a gravidade dos casos.

De acordo com o secretário de saúde, Vinicius Biuchi, há fortes indícios de uma nova Cepa da covid-19 em Paracatu, uma vez que pacientes jovens, estão evoluindo muito rápido para casos graves de insuficiência respiratória, com fata de ar, oxigênio, com 70 a 100% dos pulmões comprometidos. Biuchi explicou o caso de um óbito de uma jovem, que evoluiu para estado grave em 24 horas.

De acordo com o secretário, foi solicitado uma análise mais profunda para a Funed, para verificar se o vírus que está circulando em Paracatu, possa ser uma nova Cepa da covid-19. Ainda não há nada confirmado. - Disse Biuchi

A promotora de Justiça Maria Constância, falou da preocupação do Ministério Público com o atual cenário não só de Paracatu, mas também de toda região, que está com a capacidade dos leitos de UTI lotados. Maria constância ressaltou que o MP está acompanhando toda a situação referente as vacinações, aquisição de insumos e o controle para o combate da covid-19 no Município.

O prefeito Igor Santos, foi claro em dizer que não é momento de se falar em flexibilização, uma vez que estamos no pico da doença, e que podemos ter um mês complicado devido ao aumento de casos. O mês de fevereiro foi o mês com o maior número de casos e mortos, alguns sem comorbidades, o que acendeu um alerta para uma possível mudança de comportamento do vírus. O município não entrou em colapso ainda, devido os esforços que a administração tomou desde da Janeiro, disse Igor Santos.

A cidade criou em caráter de emergência, um centro de atendimento da covid-19, no estacionamento da maternidade do hospital municipal.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.