Terça, 20 de Abril de 2021 04:06
(38) 99966-3864
Cidade Paracatu Morte confirmada

homem de 47 anos sem comorbidades morre de covid-19 em Paracatu; chega a 63 o número de mortes

Existem quatro casos hospitalizados na Uti de Paracatu e duas em outras cidades.

27/02/2021 18h39 Atualizada há 2 meses
Por: Paulo Sérgio
Paulo Sérgio / Paracatunews
Paulo Sérgio / Paracatunews

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) confirmou neste sabádo (27) mais uma morte por covid-19, subindo para 63 mortes pela doença em Paracatu.

A 63ª morte é de um homem de  47 anos, que foi admitido no pronto-socorro no dia 17/02 e permaneceu no box respiratório. A vítima foi encaminhada para a enfermaria COVID-19 no dia 19/02/, onde  apresentou piora do quadro de saúde no dia 26/02, sendo transferido para UTI COVID-19. O teste positivo para covid foi realizado no dia 12/02. O homem Não possuía comorbidades.

Já foram aplicadas 2.592 doses da vacina contra o novo coronavírus.

O boletim de hoje, mostrou o registro de 41 novos casos confirmados da doença, chegando a com 4.457 casos já confirmados. O número de casos suspeitos notificados nas últimas 24 horas chegou a 128, no total de 13.891. Recuperados da doença chega a 3.939 e descartados 5.317. Existem duas mortes em investigação.

Existem quatro casos hospitalizados na Uti de Paracatu e duas em outras cidades. Número de hospitalizados na enfermaria da covid-19, chega a onze, no hospital municipal e no particular. Além de duas em outros municipios. 

De acordo com a secretaria de saúde, 312 pessoas fiscram hospitalizados no hospital municipal desde o início da pandemia.

Últimas mortes registradas

A 62ª morte registrada é de um homem de 77 anos, que foi admitido no Pronto-Socorro no dia 17/02 com sintomas respiratórios, sendo realizado teste Antígeno AG para covid-1 com testagem positiva para a doença. O idoso foi encaminhado para a enfermariada Covid-19  no dia 20/02, onde apresentou piora do quadro saúde, sendo transferido para a UTI Covid-19, onde permaneceu internado até o dia 26/02 e acabou falecendo. O homem possuía como comorbidades, ICC, AVC (prévio). O óbito de número 62º será contabilizado no boletim de amanhã. 

A 61ª morte registrada hoje é de uma idosa de 80 anos, que deu entrada no Pronto-Socorro no dia 20/02 e permaneceu no box respiratório. O teste Antígeno AG realizado dia 22/02, deu positivo para Covid-19.  A idosa teve piora do quadro de saúde, sendo transferida para a UTI Covid-19 em 23/02. A idosa faleceu no dia 25/02 e Não possuía comorbidades.

A 60ª morte registrada foi de uma mulher de 79 anos, que deu entrada no pronto-socorro no dia 17/02, com sintomas respiratórios, sendo encaminhado para a enfermaria Covid-19.

A idosa teve piora do quadro de saúd, sendo transferida para UTI Covid-19 em 24/02, onde permaneceu internada até nesta quinta-feira 25/02 onde acabou falecendo. O teste Antígeno AG foi realizado no dia 17/02, com testagem positiva para Covid-19.

A mulher possuía comorbidades, como doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e Hipertensão Arterial. 

A 59ª morte foi de uma mulher de 42 anos, que deu entrada no Pronto-Socorro no dia 21/02, com sintomas respiratórios, sendo encaminhada para a enfermaria Covid-19. A mulher teve piora do quadro de saúde,sendo transferida para a UTI Covid-19 no dia seuinte, onde permaneceu internada até o 23/02 onde acabou falecendo. O teste positivo para covid-19 foi realizado no dia 22/02. A mulher possuía como comorbidade, Hipertensão Arterial. 

A 58ª morte registrada foi de um homem de 42 anos, que Deu entrada no Pronto Socorro Hospital Municipal no dia 06 de fevereiro, com sintomas respiratórios, sendo encaminhado para a enfermaria Covid-19. O teste Covid-19 Ag foi realizado no dia 08 de fevereiro, com testagem positiva. O homem  teve piora no quadro de saude, sendo transferido para a UTI Covid-19 no dia 11 de fevereiro, onde permaneceu internado até o dia 22/02 onde acabou falecendo.

57ª morte registrada também foi de um homem de 61 anos, que deu entrada no Pronto Socorro do Hospital São Lucas no dia  14 de Janeiro, com sintomas respiratórios. Transferido para Hospital Vera cruz de Patos de Minas-MG. O teste RT-PCR realizado no dia 19/01 com testagem positiva e evoluiu para óbito no dia 15/02.  A morte do homem estava em investigação até a presente data, aguardando documentação. O paciente possuía como comorbidades, Obesidade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.