22°

Poucas nuvens

Paracatu - MG

Cidade Paracatu Olha o golpe

Golpistas compram carro de R$ 36 mil em Paracatu com depósito falso e são presas em João Pinheiro, MG

Felizmente a vítima descobriu a tempo e chamou a polícia que localizou e prender as golpistas.

01/12/2021 às 09h08
Por: Paulo Sérgio
Compartilhe:
Divulgação / Polícia Militar
Divulgação / Polícia Militar

Um trio de estelionatárias acabou se dando mal, ao aplicar o conhecido golpe da compra de veículos com depósitos falsos em Paracatu. O fato aconteceu no último dia 30 de novembro,  por volta das 11h.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima de 44 anos, acionou os militares e relatou que solicitou que um amigo fizesse um anúncio de venda no facebook de seu veículo Fiat-Strada e que após o anunciar, apareceu uma mulher interessada em comprar o veículo.

Conversa vai, conversa vem, a vítima realizou a negociação de venda do veículo com a mulher, que na realidade era golpista, marcaram um local para encontrar a suposta compradora do veículo no terminal rodoviário. No local, a mulher estava acompanhada por outra golpista.

Sem desconfiar que se tratava de golpistas, a vítima levou as duas para um despachante para realizar a transferência do veículo. A golpista então  pediu a conta bancaria da vítima e disse que a mãe dela iria realizar o depósito de R$36 mil pela compra do veículo.

Segundo a PM, a golpista chegou a mostrar  uma fotografia que mostrava o recibo de deposito. Contudo ao procurar o banco, a vítima tomou conhecimento que na realidade o depósito foi realizado através de um cheque pré-datado do estado de São Paulo, momento que a vítima percebeu que havia caído em um golpe.

A policia Militar de Paracatu, repassou informações para os militares de João Pinheiro, que iniciaram um cerco e bloqueio, interceptando as golpistas no veículo Fiat-Strada já entrando no perímetro urbano da cidade.

O veículo estava sendo conduzido pela golpista negociadora de 34 anos, e na sua companhia a outras duas golpistas, sendo uma de 40 anos que havia preenchido o recibo em seu nome e uma outra de 38 anos, sendo todas presas em flagrante.

Durante fiscalização, foi constatado um mandado de prisão do estado de Santa Catarina em desfavor da golpista de 34 anos. O veículo recuperado foi apreendido e removido ao pátio para ser restituído à vítima. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.