21°

Poucas nuvens

Paracatu - MG

Minas Gerais Acidente AÉREO

Marilia Mendonça e outras quatro pessoas morrem em queda Avião em Minas

Cantora estava na aeronave chegando em Caratinga para fazer um show na cidade. Queda aconteceu no distrito vizinho, em Piedade de Caratinga

05/11/2021 às 18h02 Atualizada em 07/11/2021 às 17h00
Por: Paulo Sérgio
Compartilhe:
Reprodução Whatsapp
Reprodução Whatsapp

A cantora sertaneja Marilia Mendonça, de 26 anos, morreu nesta sexta-feira (5) após a queda de avião de Pequeno Porte, em Caratinga, na Região do Vale do Rio Doce.

A cantora estava acompanhada de mais quatro pessoas que também morreram no acidente. A assessoria da cantora informou, que ela estavam no avião um produtor e um assessor além do piloto e copiloto.

Segundo o Corpo de Bombeiros, recebeu a chamada do acidente por volta de 15h30, em Piedade de Caratinga em curso d'água próximo ao acesso pela BR-474. O helicóptero Arcanjo decolou do Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, para atender a ocorrência.

'Há também um forte odor de combustível no local, mas não apresenta chamas nem há risco de submersão da aeronave'', informou a corporação. Bombeiros contam com o apoio do Samu. 
 
A  cantora fez um post embarcando em um avião para anunciar show em Minas Gerais. Ela tinha um show marcado nesta sexta-feira em Caratinga e outro sábado em Ouro Branco. Confira a agenda:
05/11 : Caratinga
06/11: Ouro Branco
12/11: Divinópolis
20/11: Taiobeiras

A aeronave


O avião, de prefixo PT-ONJ, pertence à PEC Táxi Aéreo, sediada em Goiânia. Trata-se de um King Air C90A, com capacidade para seis passageiros. A aeronave, que é turboélice, foi fabricada em 1984 e tinha autorização para operar em regime de fretamento, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.