21°

Pancada de chuva

Paracatu - MG

Cidade Paracatu Estelionatários

Cartão de mulher cai nas mãos de golpistas e prejuízo chega a R$ 23 mil em Paracatu

A polícia Militar registrou pelo menos seis golpes nas últimas 24horas em Paracatu.

22/10/2021 às 10h28 Atualizada em 22/10/2021 às 10h52
Por: Paulo Sérgio
Compartilhe:
Da internet
Da internet

A Polícia Militar registrou pelo menos seis golpes nas últimas 24horas em Paracatu.

De acordo com a PM, só nesta quinta-feira (22),seis vítimas procuraram a polícia para registrar ocorrências de golpes aplicados por estelionatários na cidade.

O primeiro golpe, foi registrado no Bairro Nossa Senhora de Fátima, quando uma mulher de 32 anos, recebeu uma ligação de um suposto correspondente bancário, dizendo que uma pessoa teria efetuado uma compra no cartão visa de sua avó, no valor de R$1.899,00 na loja Ponto Frio, no Distrito Federal, e que ainda teria tentado efetuar pagamento de boletos bancários por seis vezes seguidas.

Ainda o golpista fez outra ligação para a vítima, e solicitou que ela entregasse o cartão de crédito da avó, para um suposto representante do banco que iria até a casa da vítima. Acreditando se tratar realmente de um agente bancário, a mulher entregou o cartão da avó, que estava dentro de um envelope a um indivíduo baixo, moreno, cabelo curto, trajando blusa social branca e calça jeans. O golpista chegou a dizer para a vítima, que o cartão de crédito passaria por uma perícia.

Segundo a PM, o estelionatário efetuou dois saques na agência bancária da Caixa Econômica Federal de Paracatu no valor total de R$ 2 mil, e mais dois saques do mesmo valor em outra agência bancária em Patos De Minas, além de mais duas transferências bancárias nos valores de R$5 mil cada e mais duas compras no débito nos valores de R$4.999,00 cada. Totalizando um prejuízo para a vítima de mais de 23 mil.

Ainda segundo a PM, golpistas ocupando um veículo HB20, cor branca, placa de São Paulo, tentaram aplicar outro golpe com esse mesmo modo de ação na rua Padre Joca, bairro Paracatuzinho, porém não obtiveram êxito pois o filho da vítima de 62 anos, resolveu dizer ao estelionatário que iria ligar para a polícia antes de entregar o cartão. Nesse momento o estelionatário saiu correndo e evadiu no veículo não sendo mais visto.

Além desses fatos, outras pessoas foram vítimas de estelionato através de clonagem do aplicativo Whatsapp ou através de confirmação de link recebidos em seus aparelhos telefônicos.

A Polícia Militar orienta a comunidade para que fique atenta para não cair em golpes, desconfiem de toda e qualquer solicitação de confirmação de dados por telefone; de solicitações de transferências de valores; de ofertas de produtos por valores abaixo do mercado; há diversas formas de atrair a vítima para cair em um golpe e os estelionatários estão diversificando esses modos de ação a cada dia. Desconfie e ligue para a Polícia Militar através do 190-Emergência Policial.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.