21°

Poucas nuvens

Paracatu - MG

Cidade Paracatu Pago depois

Casal é preso suspeito de aplicar golpes no comércio de Paracatu

O golpista realizava as compras e na hora de pagar, utilizava um cartão de débito, contudo o tal cartão não passava e sumia.

30/09/2021 às 18h03 Atualizada em 30/09/2021 às 18h10
Por: Paulo Sérgio
Compartilhe:
Da internet
Da internet

Um casal de estelionatários foi preso pela Polícia Militar (PM) na tarde de quarta-feira (29) em Paracatu.

De acordo com a PM, após cometer vários golpes na cidade e furtos a estabelecimentos comerciais, o casal de estelionatário acabou indo para a trás das grandes. Por meio de redes sociais, a polícia tomou conhecimento que um indivíduo: pardo, de cabelos lisos, ocupando um veículo Ford/Focus de placas GQS-4460, de cor prata, chegava nos estabelecimentos comerciais e realizava "supostas compras."

O suspeito sempre usava a mesma prática criminosa para aplicar os golpes. O golpista realizava as compras e na hora de pagar, utilizava um cartão de débito, contudo o tal cartão não passava, e o suspeito aproveitava a distração das vítimas, ou dizia que iria até o carro para pegar dinheiro ou o celular para fazer Pix, mas entrava no veículo e sumia do local com as mercadorias.

A Polícia Militar já tinha registrado ocorrências dessa natureza em Paracatu e nas cidades de Rio Paranaíba e Carmo do Paranaíba.

Segundo a PM, após várias denúncias anônimas, os militares conseguiram identificar o autor dos golpes. Roupas furtadas de uma loja de Paracatu, estava escondida na casa de uma mulher de 45 anos, namorada do suposto golpista, na Rua Adrilhes Ulhoa no bairro Paracatuzinho.

Questionada sobre as roupas, a mulher relatou que o suspeito de 43 anos, é natural de Carmo do Paranaíba e relatou que as roupas foi um presente do suspeito, recebido no dia 18 de setembro. A mulher disse aos policiais que até achou estranho, pois a maioria das roupas eram de tamanhos que ela não usava.

Ainda segundo a Mulher, ela conheceu o suspeito pela internet há cerca de três meses, e ele se apresentava como namorado dela, mas ela mesmo não chegou a assumir nenhum namoro sério com o suspeito, contudo chegou a viajar com o golpista para as cidades de Carmo do Parnaíba/MG, Rio Parnaíba/MG e São Gotardo/MG.

O suspeito gostava de pagar cervejas, carne e outros alimentos nas reuniões familiares. Mas ao efetuar os pagamentos, não deixava a namorada acompanhar a operação.

O suspeito foi localizado é preso em uma fazenda e confessou a autoria dos crimes. O suspeito confessou que em Rio Paranaíba, dormiu no hotel e realizou o consumo de alimentos, saindo no dia seguinte sem pagar. Já em Paracatu, relatou que realizou uma compra no valor de R$ 1.350 e que tinha intenção de pagar quando conseguisse um dinheiro.

O suspeito ainda confirmou que cometeu estelionato no Posto Cruzeiro, onde abasteceu e disse que o cartão não passava, saindo sem pagar a conta.

O casal foi preso e conduzido até a Delegacia para o encerramento da ocorrência com os materiais apreendidos.

A Polícia Militar orienta as vítimas de golpes semelhantes ou furto, procure imediatamente a Delegacia da Polícia Civil e faça sua representação.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.