Unimontes e parceiros coordenam projeto sobre potencialidades turísticas em Paracatu t> Visite-nos no Google+
noticias
http://paracatunews.com.br
loading
31/01/2018, 10:26:57
2460416f7c29e747f482f448402d11d1.jpg
Unimontes e parceiros coordenam projeto sobre potencialidades turísticas em Paracatu
São parceiros a Pró-Reitoria de Extensão , Associação de Condutores de Turismo de Paracatu (Acontup) e a Faculdade do Noroeste de Minas (Finom)

Facilitar o conhecimento e o acesso de visitantes às potencialidades de Paracatu, uma região rica em atrativos no chamado turismo rural e que já faz parte do Circuito Turístico “Noroeste das Gerais”. A ação faz parte de uma iniciativa que envolve a Universidade Estadual de Montes Claros em parceira, com a Associação de Condutores de Turismo de Paracatu (Acontup), por meio do projeto “ColabTur – Rural” (Laboratório Colaborativo). Dentre os objetivos, a promoção de ações conjuntas na implementação de atividades e de empreendimentos turísticos, com foco especial na identificação e catalogação de trilhas e roteiros, a começar pelo ciclismo rural.

Os trabalhos envolvem o curso de Tecnologia em Gestão do Agronegócio, implantado pela Unimontes em 2009, no campus de Paracatu, e que atualmente conta com 46 alunos regularmente matriculados. São parceiros a Pró-Reitoria de Extensão , Associação de Condutores de Turismo de Paracatu (Acontup) e a Faculdade do Noroeste de Minas (Finom). A iniciativa conta,ainda, com o apoio da Sport Bike Acessórios e do Café Catu e do Parque Estadual de Paracatu (por meio do Instituto Estadual de Florestas).

A primeira ação coletiva neste sentido está programada para 4 de fevereiro, com uma pesquisa de campo ao longo de três propriedades para levantamento das características peculiares ao cicloturismo rural. O percurso definido é de 25 quilômetros, com roteiro pelo Sítio Vô Neo (produção de cachaça artesanal), Fazenda Biboca (turismo rural) e Chácara Humaitá (Ecoturismo - cachoeiras).

Os trabalhos envolvem aproximadamente 70 pessoas, entre professores, acadêmicos e adeptos do Mountain Bike em Paracatu, Brasília/DF e outras cidades do Noroeste do Estado.

No dia 2 de março (Dia Nacional do Turismo), haverá um segundo evento com a apresentação dos resultados da pesquisa de campo e atividades extensionistas coordenadas pela Unimontes.

ÁREAS ENVOLVIDAS

O projeto ColabTur – Rural é multidisciplinar, com o envolvimento direto de acadêmicos do 2º, 4º e 6º períodos do curso de Tecnologia em Gestão do Agronegócio. Pela Unimontes, a equipe técnica de organização é composta pelos professores Márcia Versiane Fagundes (disciplina “Turismo Rural e Agroindustrial”), Hugo Tiago Ribeiro Amaro (“Agricultura Familiar e Desenvolvimento Sustentável”) e Fernando Etiene Júnior (áreas de “Administração Rural”, “Gestão de Produtos e Marcas” e “Planejamento, Qualidade e Sustentabilidade no Agronegócio”). A professora Christiane Pereira dos Santos, mestranda em Gestão de Eventos e condutora da Acontup, é a coordenadora do projeto colaborativo e das visitas de campo.

Segundo os organizadores, dentre as metas estabelecidas está a caracterização dos roteiros seguindo critérios como logística, segurança, acesso, tráfego, sinalizações, percursos, grau de atratividade e potencial para atividades econômicas. Entre outros pontos destacados está a análise dos sistemas de produção, sustentatibilidade (práticas associadas à agricultura), catalogação de produtos e dos aspectos naturais, culturais e históricos. O prazo de execução do estudo para estas duas regiões específicas de Barreirinho e Biboca é de quatro meses.

Fonte e foto: Comunicação - CEAD/Unimontes