Garimpeiros desafiam a lei e continuam tentando invadir área de rejeitos de mineradora em Paracatu Visite-nos no Google+
noticias
http://paracatunews.com.br
loading
19/01/2016, 19:02:01
df21b88bf455a800055a4869d4c59c28.JPG
Garimpeiros desafiam a lei e continuam tentando invadir área de rejeitos de mineradora em Paracatu
Um confronto entre garimpeiros, vigilantes e polícia militar, foi registrado na madrugada de hoje.

Uma verdadeira guerra do ouro parece que estourou na cidade de Paracatu nos últimos dias, dezenas de garimpeiros estão desafiando a lei e tentando invadir área de uma mineradora, para praticar o garimpo ilegal.

Na madrugada desta terça-feira (19) os militares foram acionados para conter cerca de 80 garimpeiros que estavam querendo entrar na área de rejeitos da mineradora, para praticarem o garimpo ilegal. Segundo as informações, o grupo utilizava bombas e rojões para intimidar os vigilantes e os policiais militares.

Para conter o grupo, os militares jogaram uma bomba de efeito moral, onde conseguiram dispersar o grupo. Um homem de 27 anos foi detido e conduzido á delegacia. A polícia civil está investigado para identificar localizar e prender os suspeitos. Niguém ficou ferido.

Ainda segundo informações, cadeados que ficam em um portão que da acesso a área de rejeitos da mineradora, foram quebrados pelos garimpeiros, além de postes de iluminação que também foram danificados. 

No dia 9 de janeiro, um garimpeiro de 37 anos foi morto e seu filho de 14 anos ficou ferido, na área de rejeitos da mineradora, após um desentendimento entre o grupo.

O garimpo em toda cidade de Paracatu é ilegal e principalmente na área da mineradora é proibido, mas mesmo assim, muitos se arriscam retirando dos rejeitos químicos, algumas gramas de ouro.

A mineradora se manifestou pelo ocorrido por meio da seguinte nota.

Sobre o incidente ocorrido ontem, 18 de janeiro, a Kinross informa que um grupo de pessoas invadiu sua propriedade nas proximidades da barragem de contenção de efluentes industriais. Os invasores fizeram disparos de arma de fogo, utilizaram pedras e danificaram postes refletores da área para intimidar empregados da empresa e a equipe de segurança que estava no local.

Em função da ameaça, a Polícia Militar foi acionada e um dos invasores foi preso em flagrante delito. A Kinross lamenta o crescente índice de criminalidade e reitera que está contribuindo com as autoridades no processo de investigação das ações criminosas. Nos últimos meses uma série de invasões, furtos e roubos a mão armada têm aumentado a preocupação da empresa com o tema da segurança pública.

A empresa continua investindo em ações de melhoria e trabalhando com as autoridades de segurança pública para reforçar a segurança dos seus empregados e das suas instalações.

 

 

Paulo Sérgio/Paracatunews

Foto:Minervino Junior/CB/D.A Press - 11/3/2015
24/01/2016 > Flávio Pinheiro
Paracatu está precisando de segurança pública, quando a população precisa de assistência contra o crime não são atendidos, pois a segurança pública está toda na empresa KINROSS, sendo que seria ela que deveria tomar conta do que e seu, com isso quem sofre e a população...
19/01/2016 > Leandro
Daqui a uns tempos o arsênio vai fazer mais vítimas.