Copasa anuncia melhorias na captação e abastecimento de água em Paracatu t> Visite-nos no Google+
noticias
http://paracatunews.com.br
loading
08/02/2018, 19:27:32
272ac84187e1749f0a335fc8942cc8a6.jpg
Copasa anuncia melhorias na captação e abastecimento de água em Paracatu
Segundo a companhia, já foi publicado o edital de licitação das obras de um reservatório estratégico de acumulação de água.

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) emitirá no mês de Março deste ano, a ordem de serviço das obras de setorização do sistema de distribuição de água em Paracatu. As obras fazem parte de um projeto da Companhia que visa melhorar as condições do fornecimento de água do município. Além das obras de setorização, a iniciativa contará com a implantação de novos reservatórios e com a construção e melhoria de estações elevatórias.

A Copasa é responsável pelo sistema de abastecimento de água de Paracatu há 39 anos e trata água para aproximadamente 75 mil habitantes do município. Para dar segmento ao seu novo projeto, a Companhia já publicou o edital de licitação das obras de um reservatório estratégico de acumulação. Com capacidade de aproximadamente 800 mil metros cúbicos, a estrutura será utilizada para armazenar água proveniente do Ribeirão Santa Isabel. A água será utilizada no abastecimento do município, durante o período de estiagem.

Pró-Mananciais em Paracatu

Presente em diversas localidades de Minas Gerais, o Pró-Mananciais é realizado em Paracatu desde agosto de 2017. Por meio do projeto, a Copasa implantou 7,5 quilômetros de cercamento da margem esquerda do ribeirão Santa Isabel, que fornece a água utilizada no abastecimento da cidade. 

Visando proteger e recuperar as microbacias hidrográficas e as áreas de recarga dos mananciais no município, a Companhia também construiu bacias de captação de água, aceiros e curva de nível. 

Para o desenvolvimento das ações do Pró-Mananciais no município, foi criado o Coletivo Local de Meio Ambiente (Colmeia). O Coletivo conta com representantes de vários órgãos e segmentos da cidade e atua constantemente, junto à Copasa, na recuperação da microbacia. 

Entenda:

O município de Paracatu passou pela maior crise hídrica dos últimos 100 anos, no ano de 2017, após  um longo período de estiagem no município. Devido a grande escassez hídrica, houve uma grande redução do volume de água do Santa Izabel, principal manancial de abastecimento da cidade, sendo realizado um rodizio de abastecimento de água na cidade. Mesmo com o rodizio, foi necessário uso de caminhões-pipa para conseguir  atender  a população. Foram pouco mais de dois meses de sofrimento, que só teve fim, graças ao período de chuvas

O município de Paracatu com cerca de 92 mil habitantes, segundo  dados do IBGE no ano de 2017, ainda não possui um reservatório para guardar água da chuva, para o período de estiagem. Sendo assim, a cidade ainda não está preparada para eventual casos de crise hídrica, como aconteceu no ano passado.

 

Paulo Sérgio/Paracatunews

Foto: Reprodução Whatsapp