César Cielo ignora campeão olímpico e fatura o tri mundial Visite-nos no Google+
noticias
http://paracatunews.com.br
loading
03/08/2013, 15:46:45
187142c93bb1bda1abc0619652d77b94.jpg
César Cielo ignora campeão olímpico e fatura o tri mundial
Brasileiro deixou para trás o francês Florent Manadou e fez a melhor marca no período pós-trajes
César Cielo deu mais uma mostra de que mantém a excelente performance, mesmo após cirurgia nos joelhos há quase um ano. A tarde deste sábado reservou ao nadador o tricampeonato mundial nos 50m livre, prova de sua especialidade. O resultado (21s32) no Mundial de Desportos Aquáticos , que acontece em Barcelona, na Espanha, foi o melhor do mundo no período após a proibição dos trajes tecnológicos. Cielo já havia conquistado o ouro nos 50m borboleta e sabe que os fortes concorrentes farão questão de o incomodar nos próximos anos.

"Agora tenho que treinar três vezes mais porque sei que eles vão querer vir para me matar no ano que vem. Se Deus quiser vamos ganhar essa prova nos Jogos de 2016 também", comentou Cielo, após a prova, para o canal Sportv. Na semifinal, Cielo havia feito o terceiro melhor tempo com 21s60. A melhor marca havia sido do francês Florent Manadou, atual campeão olímpico, com 21s37, que acabou decepcionando e ficando em quinto lugar.

Cielo se tornou o único tricampeão mundial nos 50m livre.

A segunda e terceira posições foram do russo Vladimir Morozov (21s47) e de George Bovell, de Trinidad e Tobago (21s51). O choro no pódio fez aumentar a emoção tanto do atleta como de quem acompanhava a premiação. Cielo se afirma, novamente, como um dos grandes nomes da natação brasileira em todos os tempos.

Na prova de trecho mais curto da natação, dar todo o gás possível era a única opção. A preocupação com os adversários era inevitável. "Às vezes ficar preocupado com adversário pode afetar a performance. Hohe foquei na minha raia e bati na parede. Entortei o dedo na chegada, mas valeu a pena. Se precisasse ter quebrado o dedo, teria quebrado", brincou o tricampeão.

Cielo deu tudo de sim nos 50m e, ao final, só torceu para ver seu nome no lugar mais alto do placar. "Para ser sincero, não achava que tinha ganho. Não sabia o tempo que tinha feito. Eu olhei para o placar e torci para que eles não tivessem voado", lembra o brasileiro, que foi quem mais 'voou' na piscina.

O tri veio após as conquistas nos dois últimos mundiais. Esta foi a sexta medalha de ouro de Cielo em mundiais, todas de ouro. Ele já havia sido campeão dos 50m borboleta e 50m livre, em Xangai (2011), e dos 50m e 100m livre em Roma (2009).

Confira a classificação:
1º Cesar Cielo - 21s32
2º Vladimir Morozov - 21s47
3º George Bovell - 21s51
4º Nathan Adrian- 21s60
5º Florent Manaudou - 21s64
6º Anthony Ervin - 21s65
7º Roland Schoeman- 21s85
8º Frederick Bousquet - 21s93

Satiro Sodre -CBDA/Otempo